Onde está o seu poço?

23 10 2011

Hagar e Ismael

Gênesis 21

1 ¶ E o SENHOR visitou a Sara, como tinha dito; e fez o SENHOR a Sara como tinha prometido.
2 E concebeu Sara, e deu a Abraão um filho na sua velhice, ao tempo determinado, que Deus lhe tinha falado.
3 E Abraão pôs no filho que lhe nascera, que Sara lhe dera, o nome de Isaque.
4 E Abraão circuncidou o seu filho Isaque, quando era da idade de oito dias, como Deus lhe tinha ordenado.
5 E era Abraão da idade de cem anos, quando lhe nasceu Isaque seu filho.
6 E disse Sara: Deus me tem feito riso; todo aquele que o ouvir se rirá comigo.
7 Disse mais: Quem diria a Abraão que Sara daria de mamar a filhos? Pois lhe dei um filho na sua velhice.
8 E cresceu o menino, e foi desmamado; então Abraão fez um grande banquete no dia em que Isaque foi desmamado.
9 ¶ E viu Sara que o filho de Agar, a egípcia, o qual tinha dado a Abraão, zombava.
10 E disse a Abraão: Ponha fora esta serva e o seu filho; porque o filho desta serva não herdará com Isaque, meu filho.
11 E pareceu esta palavra muito má aos olhos de Abraão, por causa de seu filho.
12 Porém Deus disse a Abraão: Não te pareça mal aos teus olhos acerca do moço e acerca da tua serva; em tudo o que Sara te diz, ouve a sua voz; porque em Isaque será chamada a tua descendência.
13 Mas também do filho desta serva farei uma nação, porquanto é tua descendência.
14 ¶ Então se levantou Abraão pela manhã de madrugada, e tomou pão e um odre de água e os deu a Agar, pondo-os sobre o seu ombro; também lhe deu o menino e despediu-a; e ela partiu, andando errante no deserto de Berseba.
15 E consumida a água do odre, lançou o menino debaixo de uma das árvores.
16 E foi assentar-se em frente, afastando-se à distância de um tiro de arco; porque dizia: Que eu não veja morrer o menino. E assentou-se em frente, e levantou a sua voz, e chorou.
17 E ouviu Deus a voz do menino, e bradou o anjo de Deus a Agar desde os céus, e disse-lhe: Que tens, Agar? Não temas, porque Deus ouviu a voz do menino desde o lugar onde está.
18 Ergue-te, levanta o menino e pega-lhe pela mão, porque dele farei uma grande nação.
19 E abriu-lhe Deus os olhos, e viu um poço de água; e foi encher o odre de água, e deu de beber ao menino.
20 E era Deus com o menino, que cresceu; e habitou no deserto, e foi flecheiro.
21 E habitou no deserto de Parã; e sua mãe tomou-lhe mulher da terra do Egito.

Há momentos na vida em que as coisas vão de mal a pior. Parece que Deus não ouve nossa oração, não vê nossa aflição. Esta não era a primeira vez que Hagar e Sara tiveram problemas. Se retornarmos ao capítulo 16 de Gênesis, lemos:

Gênesis 16

1 ¶ Ora Sarai, mulher de Abrão, não lhe dava filhos, e ele tinha uma serva egípcia, cujo nome era Agar.
2 E disse Sarai a Abrão: Eis que o SENHOR me tem impedido de dar à luz; toma, pois, a minha serva; porventura terei filhos dela. E ouviu Abrão a voz de Sarai.
3 Assim tomou Sarai, mulher de Abrão, a Agar egípcia, sua serva, e deu-a por mulher a Abrão seu marido, ao fim de dez anos que Abrão habitara na terra de Canaã.
4 ¶ E ele possuiu a Agar, e ela concebeu; e vendo ela que concebera, foi sua senhora desprezada aos seus olhos.
5 Então disse Sarai a Abrão: Meu agravo seja sobre ti; minha serva pus eu em teu regaço; vendo ela agora que concebeu, sou menosprezada aos seus olhos; o SENHOR julgue entre mim e ti.
6 E disse Abrão a Sarai: Eis que tua serva está na tua mão; faze-lhe o que bom é aos teus olhos. E afligiu-a Sarai, e ela fugiu de sua face.
7 ¶ E o anjo do SENHOR a achou junto a uma fonte de água no deserto, junto à fonte no caminho de Sur.
8 E disse: Agar, serva de Sarai, donde vens, e para onde vais? E ela disse: Venho fugida da face de Sarai minha senhora.
9 Então lhe disse o anjo do SENHOR: Torna-te para tua senhora, e humilha-te debaixo de suas mãos.
10 ¶ Disse-lhe mais o anjo do SENHOR: Multiplicarei sobremaneira a tua descendência, que não será contada, por numerosa que será.
11 Disse-lhe também o anjo do SENHOR: Eis que concebeste, e darás à luz um filho, e chamarás o seu nome Ismael; porquanto o SENHOR ouviu a tua aflição.
12 E ele será homem feroz, e a sua mão será contra todos, e a mão de todos contra ele; e habitará diante da face de todos os seus irmãos.
13 E ela chamou o nome do SENHOR, que com ela falava: Tu és Deus que me vê; porque disse: Não olhei eu também para aquele que me vê?
14 Por isso se chama aquele poço de Beer-Laai-Rói; eis que está entre Cades e Berede.
15 ¶ E Agar deu à luz um filho a Abrão; e Abrão chamou o nome do seu filho que Agar tivera, Ismael.
16 E era Abrão da idade de oitenta e seis anos, quando Agar deu à luz Ismael.

A partir desta passagem, podemos deduzir que:

  • Hagar tinha o temor do Senhor, pois quando o anjo lhe falou, ela obedeceu;
  • Deus deu uma promessa a ela, dizendo que multiplicaria a sua descendência;
  • Essa experiência com Deus foi tão forte que Hagar deu ao seu filho o nome que o anjo lhe havia falado.

Segundo a tradição judaica, Hagar era filha do faraó que havia tomado Sara por esposa no Egito e que havia sido dada a Abraão como parte do pagamento que o faraó fez, pensando que Sara fosse sua irmã. Quando Hagar engravidou, ela começou a ter uma atitude imprópria, que foi menosprezar Sara, despertando sua ira. Sara então a afligiu, judiou mesmo, ao ponto de Hagar fugir para o deserto.

Treze a catorze anos depois desse episódio, com o nascimento de Isaac, Ismael começa a zombar do garoto e reacende em Sara aquela bronca antiga. Sara então pede (quase que ordena) a Abraão que despeça Hagar, mande-a embora dali.

Abraão era pai, tanto de Ismael como de Isaac, e não queria ter seu filho longe de si. Em Gênesis 21:11 vemos que essa palavra de Sara pareceu-lhe muito má.

Entretanto, no versículo 12, Deus reafirma a promessa que havia feito a Hagar anos antes próximo àquele poço e, na manhã seguinte, ele toma uma atitude no mínimo estranha: Ele manda Hagar e o menino para o deserto, com apenas um odre de água e um pouco de pão.

Já ouvi alguns pregadores inadvertidamente dizerem que Abraão mandou Hagar e Ismael para o deserto para morrerem lá. Não é verdade.

Abraão tinha um relacionamento com Deus, fruto de uma experiência sólida. Ele havia recebido a promessa que Deus fizera 25 anos antes, a respeito do nascimento de Isaac, num momento em que, aos olhos humanos, era impossível. A Palavra de Deus diz que o mesmo poder que ressuscitou Jesus Cristo dentre os mortos havia ressuscitado os órgãos reprodutores de Abraão – e obviamente de Sara também, pois na idade em que ela concebeu, seria humanamente impossível. Abraaão conhecia o poder de uma promessa. E quando Deus disse, no versículo 13, que faria de Ismael uma grande nação, ele sabia que Deus cuidaria a partir dali e que ele não precisaria se preocupar. Essa foi a razão de tê-los despedido com tão poucas provisões.

A Bíblia diz que Hagar saiu dali e caminhou errante. Quantas vezes nos vemos em uma situação onde ficamos totalmente desnorteados, sem rumo. É um diagnóstico médico desfavorável. É uma demissão em um momento que não estávamos preparados. É um imprevisto que acontece, um acidente em uma estrada, ação de homens maus que roubam aquilo que julgávamos ser imprescindível para aquele momento. Ficamos sem rumo.

Caminhando errante, acabaram-se todos os recursos de Hagar. Ficou sem água, sem comida. Sem esperança. Deixou seu filho agonizante longe de si, pois não suportava ver o próprio filho morrer. Parecia ser o fim. Quantas vezes enfrentamos situações que pareciam ser o fim?

Mas, justamente nesse momento em que não há mais esperança, não há mais forças, nem possibilidades, algo acontece. No versículo 17 vemos que Deus ouviu o menino. E aí o sobrenatural interfere. O anjo do Senhor bradou do alto céu. Pode parecer estranha a pergunta que ele faz a Hagar: “Que tens, Hagar?”. Hagar poderia ter pensado: “Como assim, o que eu tenho? Meu filho está quase morrendo, depois é a minha vez, e ele pergunta o que eu tenho?”. Foi nesse momento que o anjo dá uma ordem, e logo em seguida relembra a Hagar da promessa feita a ela quando ela estava no deserto, fugindo de Sara. Essa ordem foi muito clara e objetiva: “Ergue-te, levanta o menino e pega-lhe pela mão”.

Meu irmão, minha irmão, meus amigos – Deus tem uma promessa em sua vida. Não fique prostrado, ERGUE-TE, levanta-te. Não permita que o desespero tome conta de você. Sabe o que aconteceu depois que Hagar se ergueu e tomou o menino pelas mãos? Deus abriu-lhe os olhos e ela viu o poço. O POÇO ESTAVA LÁ O TEMPO TODO, MAS ELA NÃO CONSEGUIA VÊ-LO POR CAUSA DO DESESPERO, POR ACHAR QUE NÃO HAVIA MAIS SAÍDA. O desespero tem esse poder hipnótico – não conseguimos enxergar o escape bem na nossa frente, porque ele fecha a nossa mente no problema. Ao ficarmos prostrados, nosso foco está no problema. Ao nos erguermos, nosso foco está na solução!

No versículo 20 vemos uma mudança completa de atitude: aquele lugar que quase os matou agora virou sua habitação. Eles domaram o deserto. Ao invés de fugir dele, eles resolveram viver ali.

Qual é a situação que lhe aflige? Saiba que Deus ouve a sua oração. Ele tem promessas na sua vida. Não fique prostrado, mas levante-se e deixe que Deus abra seus olhos para que você enxergue o seu poço. E essa mesma situação que o aflige será domada por você e você poderá ajudar outras pessoas que se encontram nela.

Anúncios

Ações

Information

6 responses

25 04 2012
Izabel Cristina

Linda mensagem abriu meus olhos,e fortificou minha fé nas promessas de Deus.

6 06 2012
cau

incrível como mais uma vez, a maldição se transforma em benção. o que parecia o fim…. foi o começo para Hagar e Ismael.

20 11 2012
Vilma Maria dos Sant (@VilmaMariadosSa)

Percebo nesta linda história o amor incomparável de Deus. SAbemos que nos momentos de dor, de luto e trágicos o nosso sofrimento nos impede de vermos aquilo que o Senhor tem preparado pra nós. Glorifico a Deus por nos permitir ser lembrados por pessoas tão especiais que nos proporcionam a releitura desta passagem bíblica que nos fortalece. Obrigada Deus por se lembrar de nós a cada dia. ELE é fiel!

17 01 2013
Ronaldo

O interessante foli que Deus não ouviu o choro de lamúria de Hagar ,mas sim do menino Ismael

22 09 2014
zaqueu

muito bom eu estava mesmo querendo entender um pouco mais . parabens …. o senhor seja com vosco hoje amanha e eternamente

21 08 2015
Israel santos da Silva

Linda msg ,Deus falou comigo , tem coisas que lemos e não entendemos , e aí vem uma pessoa com uma palavra tão maravilhosa igual a essa e passamos a entender e se alegrar , Deus continue ti abençoando .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: