Os Dez Mandamentos

Novamente agradecido à irmã Daniela G. M., da Primeira Igreja Batista Shalom em Campinas, que com grande dedicação fez a transcrição de mais um DVD de uma vídeo-aula de Benny Hinn sobre os Dez Mandamentos.

OS DEZ MANDAMENTOS – A ALIANÇA DE DEUS COM O HOMEM

 

Entre os anos de 1440 e 1290 a.C. mais de 2 milhões de ex-escravos iniciaram uma longa jornada do egito para a Terra Prometida…

Os israelitas foram levados para a base da peninsula do Sinai, um deserto estéril e causticante, com uma dimensão aproxima de 38.400km2. Uma multidão de pessoas acompanhadas de seus rebanhos e criações moviam-se vagarosamente, às vezes até 18km por dia. Caminhavam seguindo rastros das nascentes de água, seguindo um caminho antigo utilizado muito tempo antes por escravos egípcios que trabalhavam nas minas de bronze e pedras preciosas do sul. Três meses depois da saída do Egito, os israelitas chegaram ao Monte Sinai, uma altura de 2.400m no topo das montanhas do sul, estabelecendo um acampamento numa colina à sombra da imponente montanha. Ficaram ali por cerca de 1 ano.

 

Foi durante esse  tempo que Deus estabeleceu sua aliança com o povo que Ele mesmo milagrosamente livrara da escravidão. Esta aliança, de acordo com os contratos da época do Oriente Médio, era uma combinação de privilégios e obrigações. Era entretanto, diferente dos acordos legalísticos normais e significava um relacionamento espiritual entre Deus e o povo escolhido, comissionando-os a uma posição singular como exemplo de obediência.

 

Do monte Sinai Deus entregou a aliança durante um encontro face a face com Moisés, o líder escolhido. E foi Moisés quem transmitiu a mensagem aos filhos de Israel, carregando pelas montanhas duas peças de pedra, nas quais, Deus havia escrito as leis com suas próprias mãos.

 

 “…e Ele deu a Moisés no Monte Sinai duas tábuas de pedra escritas com o dedo de Deus”. Êxodo 31.18

 

A Aliança da Lei

 

O Padrão religioso divino e moral, o qual, quando vivido, tornaria Israel um povo justo e santo refletindo o caráter de Deus.

 

  1. 1.     “No terceiro mês da saída dos filhos de Israel da terra do Egito, no primeiro dia desse mês, vieram ao deserto de Sinai.
  2. 2.     Tendo partido de Refidim, vieram ao deserto de Sinai, no qual se acamparam. Ali pois, se acampou Israel em frente ao monte.
  3. 3.     Subiu Moisés a Deus e, do monte, o Senhor o chamou e lhe disse: “Assim dirás à casa de Jacó, e anunciarás aos filhos de Israel:
  4. 4.     Tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre as asas de águias e vos trouxe até mim.
  5. 5.     Agora pois, se diligentemente ouvires a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis minha propriedade particular dentre todos os povos porque; porque toda a terra é minha;
  6. 6.     Vós me sereis reino de sacerdotes e nação santa. Estas são as palavras que dirás aos filhos de Israel”. Êxodo 19.1-6

 

No monte Sinai é onde Deus falou com Moisés e lhe deu os Dez Mandamentos. A Bíblia diz em êxodo 19 que o fogo de Deus encheu o monte, e que dia glorioso foi aquele. O Monte Sinai é o lugar onde Deus encontrou-se com Moisés, onde Deus deu a lei ao Seu povo.

 

Vamos começar este tremendo estudo: Os Dez Mandamentos.

 

OS DEZ MANDAMENTOS

 

I – “EU SOU O SENHOR TEU DEUS; NÃO TERÁS OUTROS DEUSES DIANTE DE MIM.”  Êxodo 20.3

 

Comecemos com Êxodo capitulo 20: “E falou Deus todas estas palavras, dizendo: Eu sou o Senhor teu Deus que te tirei da terra do Egito, da casa de servidão. Não terás outros deuses diante de mim”.

 

Porque Deus começaria com esse mandamento? Porque o próprio Deus declara em Isaías 42.8: “… a minha glória não darei a outrem”.

 

O Deus Todo-Poderosos quer a nossa adoração. A Bíblia diz que Ele quer nossos corações. O Senhor disse em Mateus: “Aquele que quer amar pai e mãe mais do que a mim, não é digno de mim”. Por que é assim? Em Mateus 10.37, Ele declara: “Quem ama pai e mãe mais do que a mim, não é digno de mim.”

 

Deus é um Deus ciumento, é um Deus Santo. Ele criou Seu povo para adorá-lo.

 

E a Bíblia continua, quando um dia Deus falou com Abraão: “Abraão, quero que você pegue seu único filho e ofereça-o em sacrifício a mim.” Por que Deus pediria tal coisa? Ele não queria ver a dor de Isaque, Ele queria ver o coração de Abraão se tornar santo para que nenhum Isaque dividisse o coração de Abraão com Deus.

 

Quando permitimos que Isaques ocupem nossos corações Deus diz: “Dê-me o teu Isaque, quero que o teu coração seja meu”. Por isso, Ele começa dizendo: “vocês  não devem ter outros deuses”.

 

Gênesis 17:

  1. Sendo Abraão da idade de 99 anos, apareceu o Senhor a Abraão e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso; anda em minha presença e sê perfeito.” Anda diante de mim, isto é, tenha comunhão comigo. Comunhão com Deus traz justiça em nossos corações. E por isso,  que Ele diz: “Anda na minha presença e sê perfeito”. Se você andar com Deus, a justiça virá. Então Ele continua:
  2. 2.     E porei o meu concerto entre mim e ti e te multiplicarei abundantemente.
  3. Então caiu Abraão sobre o seu rosto, e falou Deus com ele, dizendo:
  4. Quanto a mim, eis o meu concerto contigo: serás pai de muitas nações”.

 

Algo glorioso acontece aqui. Deus estava fazendo uma aliança com seu amigo Abraão, que era chamado de Abrão mas, depois da aliança, tornou-se Abraão.  Veja o que Ele diz em Gênesis 17.5-6:

5.    “E não se chamará mais o teu nome Abrão,  mas Abraão será o teu nome, porque te fiz pai de muitas nações.

6.     E te farei frutificar abundantemente e de ti farei nacões e reis sairão de ti”.  

 

Quando fazemos uma aliança com Deus, três coisas acontecem:

 

  1. Ele multiplicará todas as coisas que tocarmos;
  2. Seu fôlego vai tocar nossas vidas e mudar nossa natureza, como fez com Abraão;
  3. Então, seremos frutíferos.

 

Ele disse: “Eu te multiplicarei”.  No verso dois: “E porei o meu concerto entre mim e ti e te multiplicarei extraordinariamente.” A Aliança com Deus sempre traz multiplicação, não adição. 

 

Em segundo lugar, seu nome não será mais Abrão e sim, Abraão. Deus colocou o Seu próprio Espírito sobre o nemo Abrão e o transformou em Abraão. Literalmente, uma parte da vida de Deus se transformou em uma parte da vida de Abraão – unidade com Deus.

 

A Bíblia diz: “Você será frutífero”. E logo, Deus pede uma coisa a Abraão: agora que seu filho já está crescido e ele começa e desfrutar da companhia de seu filho Isaque, A Bíblia diz em Gênesis 22:

  1. 1.     “E aconteceu depois dessas coisas que tentou Deus a Abraão e disse-lhe: “Abraão! E ele dise: Eis-me aqui.
  2. 2.     E disse: toma agora o teu único filho Isaque, a quem amas,  e vai-te à terra de Moriá e oferece-o ali em holocausto sobre uma das montanhas que eu te direi”.

 

Por quê? Esta aliança foi feita com Abrão que se tornou Abraão. Ele é amigo de Deus, mas Isaque começa a dividir o coração de Abraão com Deus. Então Deus diz: “NÃO, eu não vou deixar que o teu Isaque divida comigo o teu coração que é meu; nós temos uma Aliança”.  Então Isaque é oferecido. Abraão o leva ao Monte Moriá e, antes dele ser sacrificado, o Anjo do Senhor aparece e impede o sacrifício. Então Deus diz: “Agora sei que o teu coração é meu”. E a Bíblia diz em Gênesis 22:

  1. 16.   “E disse: Por mim mesmo jurei, diz o Senhor; porquanto fizeste isso e não me negaste o teu único filho,
  2. 17.   Que deveras te abencoarei e certamente multiplicarei a tua semente como as estrelas dos céus e como a areia na praia do mar. A Tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos.”

 

O coração de Abraão tinha se santificado a Deus quando ele não deixou o seu coração se dividir entre Isaque e Deus; e Deus disse: Porque você fez isto, porque Eu Sou o Senhor, porque você não tem outros deuses diante de ti, nem teu filho; porque Eu Sou o primeiro na tua vida, eu te abençoarei e te multiplicarei; a tua descendência possuirá a cidade dos seus  inimigos.

 

Porque Deus fala em Êxodo 20: “Não terás outros deuses diante de mim.”? Por uma razão: Quando Ele abençoa Abraão, ele te abençoa.  Quando Ele multiplica Abraão, Ele multiplica você, e a tua família possuirá a cidade dos seus inimigos.  Por isso vocês não devem ter nenhum outro deus diante de Deus.

 

II – “NÃO FARÁS PARA TI IMAGENS DE ESCULTURA”. Êxodo 20.4

 

Êxodo 20.4, o segundo mandamento, diz:

  1. 4.     “Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. 
  2. 5.     Não as adorará, nem lhes dará culto; porque Eu Sou o Senhor Teu Deus, Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração dos que me aborrecem,
  3. 6.     e faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos.”

 

Este é o segundo mandamento que Deus deu e declara.

 

Porque Deus diz que não devemos fazer esculturas do que há em cima nos céus, nem na terra, nem debaixo da terra porque o salmo 115 declara – siga comigo atentamente – veja o que o verso quatro diz:

Salmo 115.4-8:

  1. 4.     Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos dos homens.
  2. 5.     Têm boca, mas não falam; olhos têm, mas não vêem.
  3. 6.     Têm ouvidos, mas não ouvem; narizes têm, mas não cheiram.
  4. 7.     Têm mãos, mas não apalpam; pés têm, mas não andam; nem som algum lhes sai da garganta.
  5. 8.     Assemelham-se a eles os que os fazem, assim como todos os que neles confiam”.

 

Aqui temos uma boa razão porque Deus proíbe que se faça imitação do que há no céu, na terra e debaixo da terra. Por quê? Porque nos assemelhamos àquilo que adoramos. Se adoramos a Deus, nos tornamos como Ele.  O povo de Deus com ídolos, que na época dos reis eram adorados. Nós nos assemelhamos à pessoa ou àquilo que adoramos e Deus quer que nos tornemos como Ele; por isso, Ele disse: “Não faças para ti nenhuma imagem de escultura”. Porque o diabo sabe o que muitas pessoas deveriam saber: quando você adora um ídolo, você se torna como ele. Por isso, no Velho Testamento, o inimigo quase sempre tentou o povo de Deus com ídolos, que na época dos reis, eram adorados. Você sabe a história de Acã, em Josué? A Bíblia diz que Acã roubou uma capa babilônica e por causa disso, Deus trouxe punição a todo povo. Por quê?  Porque, veja bem, os demônios são atraídos pelas imagens;

 

As três coisas que trazem o domínio do inimigo:

  1. Os sons.
  2. O que se vê – as imagens.
  3. Os cheiros

 

Deus nos proíbe totalmente de fazermos aliança com qualquer coisa que pertença ao inimigo. Com qualquer escultura, qualquer ídolo, porque isso nos afasta de Deus e nos joga sobre as coisas do inimigo. A “que” ou a “quem” adoramos seremos transformados à semelhança dessas coisas. Porque Deus nos ama, Ele quer que tenhamos a sua aparência e não a de outras coisas. E é por isso que Ele nos diz para não criarmos, nem adorarmos nenhuma imagem de escultura. Quando desobedecemos a esse mandamento, a Bíblia tem algo muito forte a dizer sobre isso.

Êxodo 20.5-6:

  1. 5.     “Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração dos que me odeiam.
  2. 6.     E faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam”.

 

 

Quando você adora a Deus, você O ama mas, quando você adora outras coisas, você O odeia. Então santos, tenham certeza de que: 

  1. Que Ele é o primeiro em tua vida
  2. Que você deve adorar somente a Ele.

 

Então a tua aparência será como a dEle e você se parecerá com Ele, Teu pai celestial.

 

III – “NÃO TOMARÁS O NOME DO SENHOR TEU DEUS EM VÃO”. Êxodo 20.7

 

Êxodo 20.7, o terceiro mandamento: “Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão”.

 

No Monte Sinai, há muito tempo atrás, o Senhor deu este terceiro mandamento, quando Ele disse: “ Não deves tomar o nome do teu Deus em vão”. Por que Deus deu este mandamento? Porque quando tomamos o Seu nome em vão, enfraquecemos a Sua autoridade, a Sua força em nossas vidas. Quando tomamos o Seu nome em vão, podemos trazer alguma desgraça sobre nossas vidas. Haverá resultados desastrosos! Você conhece alguém que já tomou o nomede Deus em vão, até mesmo quase blasfemar contra o Seu Santo Nome? A Bíblia adverte em Levíticos 24.15: “ Qualquer que amaldiçoar o seu Deus, levará sobre si o pecado”.  

 

Mas vocês, santos dEle, amam o Seu Nome. Você corpo de cristo; você, que está lendo este estudo, ame o Nome do Senhor! Por isso, Deus promete bençãos para os que amam o Seu nome. Não como os que blasfemam contra este santo e, poderoso nome, não como o ímpio que toma o Seu nome em vão. Nós amamos esse nome porque a Bíblia diz no Salmo 103 que quando você abençoa Aquele nome aqui estão os resultados… venha comigo novamente e veja o que acontece na vida daqueles que bendizem o poderoso nome do Senhor! Salmo 103:

 

  1. 1.     “Bendize, Óh minh’alma ao Senhor, e tudo o que há em mim bendiga ao Seu Santo nome.
  2. 2.     Bendize, Óh minh’alma ao Senhor, e não te esqueças de nunhum dos seus benefícios.”

 

Quando nos esquecemos do que Deus tem feito, nós o limitamos. A Bíblia diz no Salmo 78.41-42 que Israel esqueceu da Palavra  e das Suas promessas, limitando o Santo de Israel. Quando esquecemos as Suas palavras e promessas, passamos a tomar o Seu nome em vão, o que causa um desastre em nossas vidas. Quanto mais amamos a Sua Palavra, mais amamos o Seu nome; quanto mais amamos esta Palavra, mais O amamos; Sim, santos de Deus, amados do Senhor, quando você ama a Sua Palavra, você O ama.

 

Esteja certo de que esta Palavra permaneça na tua vida. E o Espírito Santo vai manter este amor por Ele vivo dentro de você. E a Palavra fala: “Bendize, ó minh’alma ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios.” É isto o que Deus faz com os que bendizem o Seu nome:

Salmo 103:3-5:

  1. 1.     “…é Ele quem perdoa todas as tuas iniquidades.
  2. 2.     é Ele quem sara doas as tuas enfermidades.
  3. 3.     é Ele quem redime a tua vida da perdição, trazendo cura e saúde.
  4. 4.     e te coroa de bondade e misericórdia.
  5. 5.     que enche a tua boca de bens, de sorte que a tua mocidade se renova como a da águia”.

 

Isto é maravilhoso! A Bíblia continua dizendo que:Salmo 103:6-7

  1. 6.     “O Senhor faz justiça e julga a todos os oprimidos.
  2. 7.     Ele se manifestou os Seus caminhos a Moisés, e os seus feitos aos filhos de Israel.”

 

Mas se você continuar lendo você vai achar essa gloriosa promessa no verso 11:

  1.  “Pos quanto o céu está elevado acima da terra, assim é grande a Sua misericórdia para com os que o temem.”  Ou seja, aqueles que não tomam o Seu nome em vão, que o temem.
  2. 12.   Quanto dista o Oriente do Ocidente,  assim afasta de nós as nossas transgressões.”
  3. 13.   Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.
  4. 14.   Pois Ele conhece a nossa estrutura e lembra-se que somos pó.”

 

Você pode ler e reler isto para si mesmo e você será abençoado, como eu tenho sido sempre que leio este glorioso capítulo. O que quero mostrar-lhes é o seguinte: Quanto bendizemos o Seu nome, o que é o oposto de tomar o Seu nome em vão:

  1. Ele perdoa todas as nossas iniquidades;
  2. cura nossas doenças;
  3. redime-nos da destruição;
  4. Ele nos coroa com graça e misericórdia;
  5. nos satisfaz com coisas boas de modo que a nossa juventude se renova como as águias!

 

Então a Bíblia nos diz o seguinte: Moisés conhecia os caminhos de Deus; não só os Seus atos, mas os Seus meios. Quando conhecemos os Seus caminhos nós O conhecemos. Minha oração é para que você, conforme vou apresentando, a Palavra de Deus, você O conheça mais e mais, e conheça os Seus caminhos. Eu oro para que estas bênçãos se tornem tuas!

 

IV – “LEMBRA-TE DO SÁBADO PARA O SANTIFICAR”. Êxodo 20.8

 

Êxodo  20.8, o quarto mandamento:

  1. 8.     “Lembra-te do sábado para o santificar.
  2. 9.     Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra,
  3. 10.   mas no sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus: nele não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu gado, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas.
  4. 11.   Porque em 6 dias fez o Senhor os céus, a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao 7º dia descansou. Portanto, abençoou o Senhor o dia do sábado e o santificou.”

 

Tudo o que Deus coloca na Sua Palavra Ele o faz por alguma razão. O próprio Senhor Jesus veio não para destruir a lei, mas Ele veio para cumprí-la. E por que este mandamento é tão importante? É porque Deus quer abençoar nossas vidas. E a única forma de Ele nos abençoar é quando nós O obedecemos. Como esta escritura se encaixa nisto que estou falando?

 

Você sabe que Deus deu a lei ao povo de Israel, e Ele diz em Malaquias que a prosperidade também é dEle.

 

Você sabe por que Seu povo lhe entrega logo os primeiros frutos? Porque se você permitir que Ele toque nas tuas finanças, Ele abençoará os teus lucros. Se você permitir que Ele toque a tua semana, Ele abençoará a tua semana e a tua vida. Como Deus toca nossa semana? Quando lhe damos um dia, Ele abençoa os demais. Como a prosperidade: Quando lhe damos 10%, Ele abençoa o restante. Precisamos entender que tudo o que Deus nos manda fazer, Ele o faz para o nosso bem, para que Ele possa nos abençoar.

 

Fiquei muito tempo pensando: “Por que, Senhor, tu dizes em Malaquias que a prosperidade é tua?” O Esírito Santo falou no meu coração: “Eu não uso a prosperidade para levantar dinheiro; eu a uso para levantar meus filhos.” Quando obedecemos a Deus quanto ao dar, nós crescemos porque O obedecemos. E agora Deus diz: “Eu quero um dia de cada semana seja meu”. Por quê? Para que Ele possa abençoar o resto da semana. Quando Deus toca nossa semana Ele toca nossas vidas. Tudo o que Deus faz e nos manda fazer, é para nos abençoar.

 

Não estamos mais sob escravidão. Repito: não estamos mais. Fazemos porque queremos, não porque temos que fazer. Jesus declara que o sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. Em outras palavras: Ele deu o sábado para que o homem possa ser abençoado. Essa é a sua maneira de abençoar as nossas vidas. Quando Ele tira a servidão isso se torna maravilhoso. Não existe servidão, existe liberdade. Não somente nisto, mas em todas as coisas que fazemos para Deus. Gálatas 5.1 diz: “Estai pois firmes na liberdade com que Cristo nos libertou e não vos submetais de novo a jugo de escravidão.”  Em Romanos 14.6 diz: “Quem distingue entre dia e dia, para o Senhor o faz. Quem não distingue, para o Senhor o faz.” Quem oferece um dia ao Senhor o faz espontaneamente. E ainda que ele não faça isso, ele não está sob escravidão, embora esteja perdendo uma bênção gloriosa. Tudo o que fazemos para Deus Ele quer que façamos para que Ele possa nos abençoar.

 

Nós não estamos em escravidão para servirmos ao Senhor. Eu amo estar no ministério; é minha escolha servi-lo. Eu escolhi servi-lo. Por quê? Porque eu o amo. Não o sirvo porque ‘tenho que’, eu O sirvo porque eu quero!  Eu Lhe dou um dia, o dia do Senhor; é dEle. Isto me é importante não porque ‘tenho que’, mas porque eu quero. Porque eu quero que Ele abençoe minha vida. Eu obedeço não por obrigação, mas porque eu quero; quero que Ele abençoe minha vida e meu lar. Dê-lhe o que é dEle e então Ele poderá abençoar o teu lar e o teu futuro.

 

V – “HONRA A TEU PAI E TUA MÃE” Êxodo 20.12

 

Êxodo 20.12, o quinto mandamento:

 

 “Honra a teu pai e a tua mãe para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.”

 

Que palavra linda Deus deu a Moisés neste monte! A honra é maior que a obediência. A palavra honra significa ‘não rebelar-se’ ou ‘seguir com temor’; é mais do que apenas obedecer a seus pais. Por que Deus nos diz para honrarmos pai e mãe? Porque se nós não honrarmos a nossos pais não honraremos a Deus. A Bíblia diz que se nós honrarmos nossos pais, nossos dias serão longos na terra. Efésios 6 diz que este é o primeiro mandamento com promessa.

 

Vamos ler novamente no Novo Testamento. É glorioso estar sentado aqui te ensinando os 10 Mandamentos; é mesmo emocionante! Verso 1: “Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor porque isto é justo.” Mas então ele continua: “Honra a teu pai e tua mãe”, o que é maior do que a obediência – “o qual é o 1º mandamento com promessa”; mas qual é a promessa? “…para que te vá bem e vivas muito tempo sobre a terra”.

 

Quando você honrar a teus pais, Deus te abençoará, tudo te irá bem e terás longa vida sobre a terra. Mas se não os honrarmos, a Bíblia diz que haverá julgamento. Em Deuteronômio 27.16 a Bíblia diz: “Maldito aquele que desprezar pai e mãe.” Ou seja, quando você os despreza, é como se você não os honrasse. A Bíblia diz que virá maldição sobre quem desprezar pai e mãe. Como fez Isaque no passado, quando você honra seu pai e sua mãe, você honra ao Deus Todo-Poderoso.

 

Deixe-me falar um pouco sobre graça. Estou ensinando sobre os 10 Mandamentos. Como já disse, Deus não nos força a obedecermos, Ele nos pede para obedecê-lo. Graça é uma coisa linda! Voltemos para o livro de Gálatas, capítulo 5. Quero mostrar-lhes uma coisa fabulosa. Veja o que se diz aqui sobre a graça em Gálatas 5.1:  “Permacenei firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não vos submetais novamente ao jugo da escravidão.”.

 

Graça não é uma permissão que nos é dada para pecar, mas sim para servirmos a Deus. Quando vemos a graça de Deus queremos servi-Lo pois, só por vermos a lei, não teríamos esta vontade. A Palavra de Deus liberta o homem da servidão, e não o escraviza. Quando Deus deu a lei a Moisés, não foi para pôr o povo sob servidão, mas Ele a deu para mantê-los fora da escravidão. Porém o povo de Israel desobedeceu a lei de Deus, resultando-lhes em escravidão.

 

Como disse antes, Jesus veio para cumprir a lei, e não para destruí-la. A Palavra do Senhor nos fala claramente para O obedecermos pelo Espírito Santo. Quando o Espírito vem sobre nossas vidas só então nós estamos aptos a obedecer a Palavra de Deus. Jesus disse em João 15, veja comigo, quero mostrar outra coisa importante: Deus não é um ditador, Ele é um libertador. Novamente: Deus não é um ditador, Ele é um libertador. Quando Ele nos deu estas palavras Ele nos libertou.

 

Jesus diz em João 15.7-8:

  1. 7.     “Se vós estiverdes em mim e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito.
  2. 8.     Nisto é glorificado o meu Pai, que deis muitos frutos; e assim sereis meus discípulos.”

 

Quando a Palavra entra em nós ela nos liberta e nos capacita a sermos filhos de Deus. Nós O obedecemos, não nos rebelamos. “Se as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes e vos será feito. Nisto é glorificado o meu Pai.” Então, o Pai é glorificado quando a Palavra está em nós. Ela nos liberta para obedecermos, não para nos rebelarmos.

 

Então quando Deus fala ‘honra a teu pai e tua mãe’ é para que possamos honrá-lo. Deus dá esse mandamento para sermos livres, e não escravos. A Palavra de Deus nos liberta, e não nos escraviza. E como podemos encarar a liberdade? Quando a Palavra preenche nossas vidas pelo Espírito, ao entrar em nós através do Espírito Santo, a liberdade vem e nos capacita para obedecermos a Deus.

 

Antes de irmos adiante, você sabe, tenho estado aqui ensinando a Palavra de Deus e me tem sido tão agradável que até pensei: ‘Como será que foi o dia em que Deus deu os mandamentos a Moisés?’ No começo deste estudo eu disse que Deus desceu neste monte com fogo. Sabe, é uma grande montanha e nós demoramos três horas para escalá-la (Benny Hinn dá este estudo de sobre o Monte Sinai). E o mais impressionante é que, de acordo com a Bíblia, toda essa área a Bíblia declara… Deixe-me ler para vocês. Êxodo 19.18: “E todo o Monte Sinai fumegava porque o Senhor descera sobre ele em fogo; e sua fumaça subiu como fumaça de uma fornalha e todo o monte tremia grandemente.” Quando Deus estava dando os mandamentos a Moisés, tudo isto aqui estava tremendo; tudo nesta área estava vibrando com a presença do Deus Todo-Poderoso.

 

Quando a Palavra de Deus entra na tua vida Ela a abala, não é? Quando Deus falou com Moisés toda esta área tremeu com o poder e a presença do Deus Todo-Poderoso. Eu estava pensando que assim como este monte tremeu no passado, esta Palavra abala nossas vidas, não é verdade? Eu oro para que enquanto trago isto a você e tua vida seja sacudida. Tenho lido esta Bíblia e a tenho amado e ensinado por muitos anos, e estar ensinando transforma algo em mim. Há alguma coisa relacionada ao estar aqui, onde tudo aconteceu, e isto realmente se torna vivo, é o bem que isso faz. Eu não sei como dizer, mas posso quase experimentar isso. Espero que um dia você possa subir aqui no Monte Sinai. Demoramos 3 horas para subirmos até aqui em cima. Este lugar é muito grande, é uma área muito grande.

 

VI – “NÃO MATARÁS”. Êxodo 20.13

 

O 6º mandamento, Êxodo 20.13:

 

  1. 13.   “Não matarás”. 

 

Deus deu este mandamento porque a vida humana é a coisa mais preciosa aos Seus olhos.

 

Eu me lembro de ter ouvida a Sra. Boone, uma mulher de Deus; eu a ouvi na sua igreja na Holanda. Ela apontou o seu dedo para as pessoas e disse: “ainda que vocês fossem os únicos pecadores, mesmo assim Deus teria enviado Seu Filho somente por vocês”.  Isto não é tremendo? A Bíblia diz que Deus nos ama tanto que Ele contou nossos cabelos. Isto não é maravilhoso? Cada fio de cabelo está contado. Os dos meus filhos estão contados e eu sei que os teus também estão. Deus nos ama tanto que cada fio de cabelo nosso está contado. A vida humana é preciosa, ela não tem preço para Deus. E Deus vai além com isto. Em Mateus 5 está escrito… Veja, Deus leva estas coisas muito a sério. Jesus morreu para salvar a vida humana. Ele não veio para destruir a vida humana, Ele veio para salvá-la. Ele ainda diz em Mateus 5.21:

  1. 21.   “Ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo’.
  2. Eu porém vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão será réu de juízo; e qualquer que disser ao seu irmão: ‘Raca’ será réu do sinédrio”. A palavra ‘raca’ significa insulto.
  3. 23.   E qualquer que lhe disser ‘louco’, será réu do fogo do inferno.” 

 

O Senhor vai além de não matarás. A Bíblia diz que você corre perigo se chamar a um irmão de tolo, porqie, como já disse, Jesus veio para salvar, não para destruir; Ele veio para libertar, não para condenar. 

 

Eu amo a história em que um dia o Senhor foi abordado pelos judeus. Eles Lhe trouxeram uma mulher que tinha sido flagrada em adultério. Jesus disse: “Aquele dentre vós que está sem pecado atire-lhe a primeira pedra.” João 8.7. Provavelmente como estas aqui… Há muitas pedras aqui na Terra Prometida. O que eles fizeram? Jogaram as pedras no chão, se foram e soltaram-na. Eu amo o que Jesus diz em seguida a essa moça: João 8:10-11: “Onde estão os teus acusadores? Ninguém te condenou?” Ela disse ‘Ninguém, Senhor’, E disse-lhe Jesus: ‘Nem eu te condeno. Vai e não peques mais’.”

 

Ele não veio para destruir, Ele veio para salvar. Ele não veio para condenar, Ele veio para libertar. Ele disse estas palavras maravilhosas. “E Jesus falou novamente: ‘Eu sou a luz do mindo; aquele que me seguir não andará em trevas, mas terá a luz da vida.” Que Salvador nós temos! Que Jesus maravilhoso nós servimos! Ele veio para nos salvar, não para nos destruir. Ele veio para nos livrar, não para nos condenar.

 

Mal posso esperar para vê-lo. E você?

 

VII – “NÃO ADULTERARÁS” Êxodo 20.14

 

Sétimo mandamento, Êxodo 20.14:

 

“Não adulterarás.”

 

 Por que será que Deus nos dá esse mandamento? Para proteger a aliança do casamento. O casamento é uma aliança com Deus.

 

A Bíblia diz: ‘vocês não devem cometer adultério’. Deus nos dá esse mandamento para proteger a aliança do casamento. Como eu disse, a aliança é com Deus. Veja o que Ele diz em Malaquias 2.14: “E dizeis: ‘Por quê?. Porque o Senhor foi testemunha entre ti e a mulher da tua mocidade com quem foste desleal, sendo ela a tua companheira e a mulher do teu concerto.”

 

Interessante… é uma aliança com Deus. Deus quer proteger esta aliança com Ele. Você sabia que a aliança com Deus nos dá domínio? Em Gênesis 1.26 a Bíblia diz: “E disse Deus: façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança, e dominem” Ele não disse ‘domine’, mas sim ‘dominem’. O domínio vem através da aliança feita com Deus pelo casamento.

 

Quando dizemos ‘sim’ estamos dizendo ‘sim’ para Deus. Dizemos: ‘Senhor, eu quero ter esta aliança’. Além de estarmos dizendo ‘sim’ um para o outro, estamos dizendo ‘sim’ para Deus. Quando esta aliança é feita com Deus Ele nos dá domínio.

 

Domínio sobre quem? Sobre o inimigo de nossas almas. Você sabia que o casamento nos dá domínio sobre Satanás? O casamento nos dá domínio. Então Deus diz ‘não adulterarás’ para proteger este domínio. A Palavra declara em Provérbios 6.32: “O que adultera com uma mulher é falto de entendimento.” Em outras palavras: se a Palavra de Deus não está em sua vida, algo assim pode acontecer. Alguns adulteram porque lhes falta a Palavra. Veja, a Palavra nos mantém santos. E a Palavra nos mantém com autoridade sobre Satanás. Jó 31.11 considera adultério um crime hediondo. Provérbios 6.32: “Destrói a sua alma o que assim faz”. Isso é poderoso.

 

O adultério destrói a sua alma porque destrói o domínio. Se destrói o domínio, como fica a aliança? Haverá destruição na tua vida. A Bíblia continua em Hebreus 13.4: “Digno de honra entre todos seja o matrimônio e o leito sem mácula; porque Deus julgará os impuros e os adúlteros.” Em outras palavras, sexo fora da aliança, Deus julgará. A cama é imaculada. Fora do matrimônio haverá julgamento. Por isso a Bíblia diz: ‘Não adulterarás’. Ele nos deu este mandamento para proteger a aliança do casamento. Deus quer nos proteger, como eu já disse antes: Cada mandamento que Deus nos dá é para nosso benefício.

 

Tudo o que Ele nos diz é porque Ele quer nos abençoar, Ele nos ama. Que Pai maravilhoso nós servimos! Eu oro para que, conforme vou dando-lhe esta palavra, o próprio Espírito Santo traga a Sua unção sobre você enquanto você lê este estudo e que você se aproxime dEle. Por causa do amor dEle, eu sei quem Ele é.

 

E a propósito: nós servimos a um Deus amoroso. Tudo o que Ele quer é que nós o sigamos. Se nós o fizermos, Ele promete nos dar a água da vida. Vocês se lembram, em João 4, da mulher que tinha 5 maridos? Jesus não a condenou, mas ofereceu-lhe a água da vida. Se nós O seguirmos, amarmos e servirmos, Ele nos dará a água da vida. Não há mais condenação para os que estão em Cristo.

 

O passado está perdoado. Obrigado, Senhor, pelo sangue que nos purificou e nos mantém limpos.

 

VIII – “NÃO FURTARÁS”. Êxodo 20.15

 

O 8º mandamento nos diz em Êxodo 20.15:

 

“Não furtarás”.

 

Roubar é o oposto de dar. A Bíblia tem muito a dizer a respeito de dar. O Deus Todo-Poderoso ainda nos abençoa. Deus quer nos abençoar. Gosto muito do que está escrito no Salmo 41; “Bem-aventurado é aquele que dá ao pobre”.  Quem dá é abençoado.

 

Veja o que Ele diz a respeito deste homem. Na realidade, Ele nos dá 7 bênçãos: “Bem-aventurado é aquele que atende ao pobre; o Senhor o livrará no dia mal’.

 

Estas são as 7 bênçãos que o Senhor dá a quem atende ao pobre. Estas são apenas algumas das promessas bíblicas para quem dá. Salmo 41:1-3:

  1. “o Senhor o livrará;
  2. o Senhor o conservará em vida. Não é tremendo?
  3. será abençoado na terra;
  4. e Tu não o entregará à vontade dos seus inimigos;
  5. o Senhor o sustentará no leito da enfermidade’. Ou seja: te curará, se você estiver doente;
  6. Na doença tu lhe afofas a cama’ – dando saúde perfeita.

 

Há muitas coisas que Deus diz. Veja estas palavras: Se atendermos ao pobre – o que é o oposto de roubar, vejamos novamente no Salmo 41:

  1. ‘Ele o livrará no dia mal’;
  2. o livrará.
  3. o conservará em vida;
  4. será abençoado na terra; ou seja, tudo o que fizer posperará.

 

E ainda continua a dizer que ele não será entregue aos inimigos. Nenhum demônio pode tocar a vida daquela pessoa. O Senhor sustentará no leito da enfermidade. Se ele adoecer, o Senhor o curará; e ele o curará e o manterá saudável e curado. Jesus disse em Lucas 6.38: “Dai e ser-vos-á dado: boa medida, recalcada, sacudida e transbordante vos deitarão no vosso regaço.”

 

Novamente vemos 7 bênçãos se nós dermos. Vemos o número 7 por toda a Bíblia. Deus é um Deus que dá. Se você der,

  1. será dado;
  2. paravocê;
  3. boa medida;
  4. recalcada,
  5. sacudida,
  6. transbordante
  7. vos deitarão no vosso regaço.

 

Você dá com as suas mãos, mas para receber elas são pequenas, você precisa receber no seu regaço. Deus é um doador. Você se lembra de Ananias e Safira em Atos 5 que roubaram a Deus? O resultado foi a morte. O diabo mentiu para eles e eles roubaram a Deus. Deus declara em Êxodo 20.15: “Não furtarás” porque Ele quer que você continue a dar para que Ele possa te abençoar. Tudo o que você fizer, em tudo o que você tocar, Deus te prosperará.

 

IX – “NÃO DARÁS FALSO TESTEMUNHO CONTRA TEU PRÓXIMO”. Êxodo 20.16

 

O Deus Todo-poderoso deu o seguinte mandamento neste monte: O 9º mandamento diz:

 

“Não darás falso testemunho contra o teu próximo.”

 

Por que Deus nos deu este mandamento? A Palavra tem muito a dizer sobre isso. Provérbios 11.13 diz: “O que anda praguejando revela os segredos, mas o fiel de espírito encobre o negócio.” É o oposto de fidelidade. “o que pragueja releva os segredos, mas o fiel de espírito…”

 

Aquele que dá falso testemunho é infiel. Em Provérbios 16.28, a Bíblia diz: “O homem perverso levanta contenda, e o difamador separa os maiores amigos.” O homem que levanta falso testemunho separa grandes amigos.

 

Em Provérbios 16.28 a Bíblia diz: “As palavras do linguareiro são como doces bocados; e elas descem ao mais íntimo do ventre.”

 

Tenho muito mais a dizer sobre uma falsa testeminha, mas só lhes darei algumas passagens das escrituras sobre isso. Sabe o que a Bíblia realmente diz? Levítico 19: os que dão falso testemunho derramam sangue. Veja este verso poderoso – Levítico 19.16 diz: “Não andarás como mexeriqueiro entre o povo; não atentarás contra a vida do teu próximo: Eu sou o Senhor”. Então confirma isto em Ezequiel 22.9: “Homens caluniadores se acharam em ti para derramarem sangue.”

 

Isto é uma coisa séria aos olhos de Deus. Não darás falso testemunho. Em Êxodo 20.16: “Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.” E nós devemos obedecer a Palavra de Deus.

 

Ele nos deu Os 10 Mandamentos para vivermos uma vida justa, santa; a Palavra diz “sêde santos porque Eu Sou Santo”. Provérbios 28 ainda tem algo mais a dizer. Este versículo é realmente poderoso, aplica-se a tudo o que foi falado neste vídeo. Veja o verso 9 de Provérbios 28: “O que desvia os seus ouvidos de ouvir a lei, até sua oração lhe será abominável.” Então, a Bíblia declara que se recusarmos a Sua Palavra, até nossa oração será abominável.

 

 Então vamos obedecê-lo, vamos servi-lo, vamos amá-lo. O 9º mandamento: “não dirás falso testemunho contra o teu próximo”.

 

X – “NÃO COBIÇARÁS”. Êxodo 20.17

 

Quero lhes mostrar outro mandamento em Êxodo 20.17:

 

“Não cobiçarás a casa do teu próximo, nem a sua mulher, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem cousa alguma do teu próximo.”

 

 ‘Não cobiçarás ‘ é o último mandamento que Deus deu aqui. Jesus declara em Lucas 12.15: “E disse-lhes: ‘Acautelai-vos e guardai-vos da avareza porque a vida do homem não consiste na abundância do que possui”. Não consiste das coisas que possuímos. Jesus disse: “Nem só de pão vive o homem, mas de toda a Palavra que sai da boca de Deus”. É isto o que nos mantém vivos.

 

A Bíblia diz em I Timóteo 6.10: “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.” . Quando cobiçamos, vêm dores às nossas vidas; acontecem tragédias. Quando amamos esta Palavra que tenho ensinado a vocês, a vida vem para você e para mim.

 

Não sejamos como Saul, Geazi ou Judas. Em I Samuel 15.9 está escrito que Saul, por causa da sua cobiça, perdeu a unção; o Espírito Santo o deixou. Você mesmo pode ler esta história em I Samuel 15. A cobiça que fez com que Saul perdesse tudo o que Deus lhe tinha dado.

 

E Geazi… Em II Reis 5 vemos a história do homem leproso que veio a Elias, o profeta. Ele era leproso e o profeta mandou-o lavar-se 7 vezes no Jordão. A Bíblia nos diz que, ao fazer isso, o homem foi curado. Então, quis dar alguns presentes ao profeta mas ele disse NÃO. Mas Geazi, o assistente do profeta, um homem ganancioso, cobiçou esses presentes e disse: “Vou ficar com eles; meu senhor não quer mas eu quero”. Então ele mentiu. Em II Reis 15 você pode ler sobre a cobiça de Geazi. Viram o que aconteceu? O homem que era leproso foi curado. Geazi, o servo de Elias, ficou com lepra por causa de sua cobiça.

 

E o que dizer de Judas? Mateus 26 diz que ele traiu o Senhor. Os versos 14 e 15 nos dizem que ele traiu o Senhor por 30 peças de prata. Cobiça. O Senhor fecha os 10 Mandamentos dizendo: “não cobiçarás”. E a Bíblia ainda diz algo maravilhoso: que só devemos cobiçar os melhores dons.

 

Em I Coríntios12 o apóstolo Paulo declara algo glorioso, que eu quero ler para vocês sobre este lugar. Eu estive aqui por um período tão bom ensinando a Palavra de Deus! No verso 31 diz: I Coríntios 12:31 “Portanto procurai com zêlo os melhores dons, e eu vos mostrarei um caminho mais excelente”.

 

Claro que o caminho mais excelente é o amor, como diz I Coríntios 13. Oro para que possamos amar ao Senhor de todo o coração, toda a nossa alma e toda a nossa força. Que grande mandamento! Ensinando-lhes a Palavra hoje, o meu coração está alegre, e eu sei que você quer amá-lo ainda mais. Eu oro por este estudo, para que o Espírito Santo te preencha e derrame sobre você um novo amor, e te batize com um amor fresco, em nome de Jesus, o Senhor.

 

Salmo 19, de 7 a 11:

  1. 7.     “A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma: o testemunho do Senhor é fiel e dá sabedoria aos símplices.
  2. 8.     Os preceitos do Senhor são retos, e alegram o coração; o mandamento do Senhor é puro e alumia os olhos.
  3. 9.     O temor do Senhor é limpo e permanece eternamente; os juízos do Senhor são verdadeiros e justos juntamente.
  4. 10.   Mais desejáveis são do que o ouro; sim, do que muito ouro fino, e mais doce do que o mel e o licor dos favos.
  5. 11.   Também por eles é admoestado o teu servo, e em os guardar há grande recompensa”.

5 responses

10 03 2011
Anderson Ribeiro

QUE BOM MEU IRMÃO ENCONTREI UM MATERIAL DE OTIMA QUALIDADE,
SOBRE LODEBAR DEUS TE ABENÇÕE ….
ATÉ + A PAZ.

3 10 2012
Raquel

Que Deus te abençoe também…

18 11 2012
paz

é muito gratificante a palavra do nosso Criador,e ainda existem pessoas que dizem ter direitos de viver o livre arbitrio como queira,pois depois sera perdoado.

12 02 2014
suzanagutierrez

Estudo maravilhoso, Deus possa continuar usando vocês nesse lugar pra abençoar vidas como fui abençoada.

13 02 2014
Eneias José da silva

Meus parabéns muito edificante

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 30 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: